Samsung Galaxy Note 7 quer atingir o mercado corporativo com o Knox 2.7

Gostou ? Compartilhe !!!Tweet about this on TwitterShare on RedditShare on LinkedInPin on PinterestShare on Facebook




A Samsung recentemente anunciou o seu smartphone Galaxy Note 7 que tem muito a oferecer ao consumidor médio, mas, a empresa não esqueceu os seus clientes corporativos, com a inclusão do seu mais novo Knox 2.7  que vem com uma série de novos recursos de segurança.

A Samsung afirma que há inúmeros benefícios que os clientes podem ver nesta nova versão e eles focaram no ataque Jump Oriented Programming do Kernel.

Com o Knox 2.7 eles melhoraram em muito a segurança do kernel para que este tipo de ataque não aconteça.

O kernel é onde o smartphone envia uma solicitação para iniciar qualquer tipo de função então naturalmente seria importante que o dispositivo seja protegido contra ataques a esta parte do sistema operacional.

Naturalmente a Samsung integrou o scaner de íris com o seu Knox 2.7 permitindo uma melhor segurança para o dispositivo contando ainda também com um sensor de impressão digital e destacam que ele permitirá uma melhor segurança para profissionais de Ti que gerenciam dispositivos corporativos.

O scanner de íris também proporciona aos usuários sejam eles corporativos ou não, uma forma de garantir mais privacidade aos arquivos com uma função chamada Secure-Folder.

Com o Secure-Folder os usuários podem colocar seus dados mais sensíveis, além de aplicativos que queira manter em segredo em uma pasta separada que estará protegida e acessível somente para quem a conhece.

Para os profissionais corporativos o Galaxy Note 7 consegue separar informações pessoais de informações de negócios com o Secure-Folder mantendo tudo longe de olhares curiosos.

A Samsung afirma que o Knox 2.7 também melhora a velocidade de registro do dispositivo bem como dá ao profissional de TI mais controle sobre o gerenciamento de dispositivos e também a atualização de firmware do dispositivo.