A tela do seu smartphone quebrou ? É hora de avaliar se vale a pena trocar a tela ou comprar um novo …

Gostou ? Compartilhe !!!Tweet about this on TwitterShare on RedditShare on LinkedInPin on PinterestShare on Facebook




Existem vários momentos complicados em nossa vida. Normalmente são os segundos que antecedem algum acidente. E alguns dos nossos eletrônicos que nos acompanham no dia a dia sempre acabam sofrendo um acidente.

Se você teve a tela do seu smartphone quebrada você sabe o que estou falando. Naqueles segundos entre o momento em que ele sai de suas mãos e encontra o chão ficamos curiosos e medrosos ao mesmo tempo quando vamos virar a tela. E quando a viramos e vemos o smartphone todo destruído  é garantido, quase temos vontade de chorar.

Após o choque inicial ainda vem aquela tristeza. A queda de um eletrônico no chão e ele quebrar já caracterizam mau uso do aparelho e, infelizmente, nenhum fabricante irá efetuar a manutenção sem que haja algum custo. Ou seja, a troca do display, estando o seu aparelho na garantia ou não será sempre feita por sua conta.

Iphone 6 conhecendo o chão

Iphone 6 conhecendo o chão

Assim é sempre bom analisar se vale a pena ou não trocar a tela do seu smartphone. E este artigo lhe ajudará um pouco a tentar sanar estas dúvidas.

 

 

Smartphone com a tela quebrada ( Imagem do Flickr  -  Charles Harley )

Smartphone com a tela quebrada ( Imagem do Flickr – Charles Harley )

Quando vale a pena arrumar  seu smartphone  ?

É um pouco subjetivo o que vamos discutir aqui pois depende de diversos fatores que passam desde o tempo de vida do aparelho até o preço que lhe será proposto para a execução do reparo.

O primeiro fator a ser considerado na nossa opinião é a idade do aparelho.

Se você adquiriu o smartphone  a pouco tempo nem pense muito. Arrume. Como é novo e ele  vai ficar muito tempo com você o custo do conserto mesmo que seja um pouco salgado  irá se diluir nos anos ou meses em que o aparelho será usado.

Agora se o seu o aparelho tem muito tempo de uso já é ótimo repensar se você deve ou não arrumá-lo. E como ter uma medida para que você possa resolver se vai arrumar ou não seu aparelho ?

Todos que temos aparelhos mais antigos já temos algum aparelho que estamos namorando. Portanto, tenha em mente o preço em que este aparelho sairá na operadora para você ( com os subsídios ) e caso não tenha como comprá-lo em uma operadora, um preço médio do aparelho no mercado.  De posse deste valor vá há alguma oficina de reparos de celulares e procure saber o valor.

Caso o valor chegue a mais ou menos 30% do valor que o aparelho novo sairia para você, faça o reparo. Agora, caso o valor comece a alcançar mais de 50% do valor do novo aparelho, aposte na compra do novo, pois o custo já não seria interessante.

Mas como mensurar se um telefone é velho ou novo ? Também é um pouco subjetivo mas na opinião de nossa equipe é um celular com um uso menor de 12 meses ( tendo em vista que boa parte de nós compra aparelhos que nos acompanharão por pelo menos 24 meses ).

Outro caso muito comum é o aparelho estar com a tela quebrada mas funcionando.

Há diversas pessoas nesta situação. E sem dúvida a análise deve ser de usabilidade neste caso.

Se as rachaduras na tela não tem cacos que possam cortar ou machucar suas mãos ou dedos, não.

Smartphone em um case que o protege

Smartphone em um case que o protege Takahiro Yamagiwa

Outra variável a ser analisada é se as rachaduras na tela não causarão algum problema na visualização das imagens na tela. Se isto também não acontece, ainda continuamos com a resposta não para a troca de tela.

E finalmente observe se houve alguma perda de funcionalidade ( o touch responde mais lentamente aos toques ) ou se há alguma falha de sinal.

Se nas 3 dúvidas acima você continou sempre com respostas positivas, nem pense em trocar seu aparelho. Porque ?

Porque neste caso o único desconforto que você terá será estético. E somente no caso de você ser um usuário muito ligado nestas coisas não será um grande problema.

O que é importante e deve ser feito é proteger  um pouco mais seu gadget com cases que o protegerão de outros possíveis acidentes e uma película que irá evitar que as fissuras fiquem expostas e talvez possam aumentar em caso de novos impactos.

Como fazer o reparo ? Levo a uma autorizada, eu mesmo faço ou posso levar em qualquer oficina ?

Esta é outra pergunta que irá depender muito das variáveis envolvidas no processo. E vamos tentar aqui responder pelo menos 3 possíveis dúvidas que você tem.

O primeiro quesito a ser analisado aqui é: seu telefone está na garantia ou não ? Caso seu telefone esteja na garantia você tem somente uma opção e infelizmente ela é uma das mais caras.

Você terá que procurar uma autorizada oficial do fabricante pois só eles podem manipular smartphones dentro do período de garantia sem que eles a percam.

Assim, procure no site do fabricante ou então via Google. Aconselho sempre a procurar mais de uma para ver se os preços são parecidos e sempre, escolha o que melhor lhe atende.

Agora, se o seu telefone já é mais antigo você pode efetuar o reparo de dois outros possíveis modos.

O primeiro e talvez o mais barato é  efetuar o reparo do seu aparelho em casa.

Na internet você encontrará uma série de sites que lhe venderá kits que são comumente chamados de “reparo”.

Estes kits de reparo vem com as peças que você precisa e ainda, em geral, algumas ferramentas que lhe ajudarão na troca. Mas quando você deve tentar fazer você mesmo o reparo ?

Nossa dica é que você somente faça o reparo quando tiver  alguma experiência no reparo de dispositivos eletrônicos. Porque ? Porque dispositivos eletrônicos são peças muito sensíveis e sim há o perigo de ao tentar reparar o seu display causar outros problemas.

Smartphone em reparo

Smartphone em reparo ( Fonte : Karl Baron Flickr )

A outra possibilidade é  procurar alguém para efetuar o reparo para você. E aqui moram a próxima dúvida que no fim se divide em duas.

E como escolher um local para o reparo do meu telefone que não seja a autorizada oficial  ?

A dica aqui, ao contrário do que já li por aí é NÃO, não leve a um camelô. A dica que eu darei aqui é básica e deve ser seguida sempre tanto para serviços de reparo de smartphones e tablets quanto para qualquer outro produto que você possua.

Nunca faça reparos com pessoas ou empresas que não possuam um endereço físico. Isto porque caso você tenha algum problema com o reparo terá um local , ou seja, um endereço aonde procurar aquela pessoa para que ele possa lhe atender.

Oficina de reparo de smartphones em locais mais populares

Oficina de reparo de smartphones em locais mais populares  ( Fonte Flickr )

A grande vantagem aqui será o preço. As autorizadas cobram preços bem mais exorbitantes e oficinas alternativas ainda podem lhe fornecer peças um pouco mais baratas.

Isto porque boa parte delas possui telefones que são montados e desmontados toda hora e podem servir para o seu smartphone.

Infelizmente, seja uma oficina autorizada ou uma não autorizada você nunca terá certeza da qualidade do serviço.

Portanto é sempre bom perguntar ao profissional e atendentes qual é o tempo de garantia dado pelo mesmo ao reparo ( o código de defesa do consumidor legisla em 90 dias ) e se o mesmo será testado ao lhe ser entregue.

Por isto, como eu disse é importante o endereço fixo. Pois no caso de um problema você poderá retornar ao local para reclamar os seus direitos.

Esperamos que o artigo tenha lhe ajudado 🙂

E caso tenha mais alguma dúvida deixe um comentário que tentaremos responder no menor tempo possível.

E, sempre tente proteger o seu aparelho pois prevenir é sim sempre melhor do que remediar.