Android Notícias

Com o Android P o Google planeja prevenir a espionagem de celulares através de sua câmera e microfone

Uma boa notícia para que curte privacidade. No Android P é esperado um recurso que impede que aplicativos que funcionam em segundo plano espionem você através da câmera ou microfone do seu telefone celular .

E isto é boa notícia para quem cobre a lente das webcams para evitar espionagem e caso você não queira usar uma simples fita pode ir atrás de alguma solução de mercado.

O problema vem quando estamos falando de smartphones. Não é lá muito fácil cobrir este tipo de coisa nos smartphones, principalmente porque vira e mexe precisamos destes recursos muito rapidamente.

E como cada dia mais dependemos destes recursos em dispositivos móveis o Google está começando a trabalhar mais intensamente nisto. A próxima versão do seu sistema operacional móvel, que é o Android P, deverá incluir um recurso que impede que aplicativos que estejam em segundo plano espionem você utilizando a câmera ou microfone do seu telefone celular.

Em 2014 uma das revelações mais bombásticas de Edward Snowden foi a capacidade da NSA de espionar alvos através de microfones e câmeras de celular. Até 2017 os malwares Chrysaor, Lipizzan e SonicSpy davam esta mesma capacidade para os atacantes virtuais.

Existem algumas aplicações “legítimas” para este fim comercializadas para que pais e parceiros interessados possam monitorar estas pessoas.

As técnicas e capacidades são tão comuns e não é paranóia se as pessoas ficam cada vez mais preocupadas com tudo a sua volta.

Na maioria das vezes o software malicioso abre caminho em um smatphone travestido de algo que ele deseja. Por exemplo um hacker empreendedor começou com o popular aplicativo Telegram e adicionou o software SonicSpy e depois através de mensagens o distribuiu e ficou ali, na espreita lendo os dados dos usuários sem que eles soubessem.

O aplicativo ao ser instalado exibe um aviso que solicita o acesso ao microfone, a câmera, contatos, etc e isto parece bem aceitável para um aplicativo de mensagens.

A parte complicada é que mesmo que você feche o aplicativo de mensagens ele vai continuar sendo executado em segundo plano e espionando você usando sua câmera e microfone.

E é isto que o Android P pretende resolver.

Tudo isto foi mapeado por usuários do xdadevelopers que examinaram todas as alterações no código do AOSP determinando o impacto que foi resumido, logicamente, em um post por lá.

Quando um aplicativo é instalado no Android é atribuído um ID de usuário (UID) inalterável que o Android aproveitará para trabalhar com estas mudanças na parte de privacidade.

Kyle Wiggers explica: “No Android P quando o serviço de câmera detecta que um UID está ocioso” – ou seja, está no modo Doze e o acesso das aplicações em segundo plano a serviços de CPU e rede é bem restrito – o Android irá gerar um ero e fechará o acesso a câmera. A partir daí qualquer pedido de acesso em segundo plano deste UID inativo irão gerar um erro.”

Ou seja, o seu telefone irá lhe avisar quando um aplicativo que você não está visualizando está tentando acessar a câmera. É provável que haja casos em que você deseja permitir que um aplicativo em segundo plano acesse recursos de câmera e microfone do seu smartphone, mas, você será obrigado a determinar isto especificamente para o Android.

As próximas mudanças do Android P irão ajudá-lo a recuperar sua privacidade.

Via Security Affairs

Recomendados Para Você:

Sobre o autor

ataliba

Pai, marido, e analista de Sistemas que nos últimos anos se especializou em Linux e Unix e adora redes. Por este motivo celulares se tornaram seus grandes companheiros e no Android achou a mesma facilidade de personalização que tinha nos Linuxes.
A partir daí desenvolveu grande paixão pelo sistema operacional e é sobre isto que falará aqui.

Siga-nos nas Redes Sociais




Que tal nos acompanhar via Sparkle ?

Acompanhe nosso blog via Sparkle
Que tal nos acompanhar via Sparkle ? Asssine nossa trilha e receba nosso conteúdo automaticamente no seu smartphone.

/* ]]> */