Eletricidade/Eletrônica

Qual a diferença entre Volt, kVA e Watts?

Entenda o que significa cada uma dessas medidas e como elas se aplicam no uso diário

Para quem não gosta de matemática ou já não se lembra mais de alguns conhecimentos básicos que foram ensinados na época do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, entender exatamente o que significam algumas unidades de medidas do Sistema Internacional de Unidades pode ser difícil.

Termos como Volt, kVA e Watts, por exemplo, são amplamente utilizados no mercado para expressar algumas características técnicas de produtos eletrônicos e saber um pouco mais sobre o significado de cada um deles pode ajudar a tornar as coisas mais fáceis na hora de comparar um eletrônico com outro.

Para alugar um gerador de energia, por exemplo, você não precisa ser um especialista em matemática, uma vez que as empresas responsáveis estão sempre dispostas a fazer os cálculos para você. Contudo, saber o que cada termo significa certamente permitirá que você faça os primeiros esboços na hora de calcular as suas necessidades.

Nesse artigo, vamos explicar quais são as diferenças e para que servem o Volt, os kVAs e os Watts.

Volt: uma unidade de tensão elétrica

Vamos começar explicando então o que é o Volt. Aqui, falamos de uma unidade de medida do Sistema Internacional de Unidades, utilizada para se obter a tensão elétrica, ou seja, a diferença de potencial elétrico. Ela leva esse nome em homenagem a Alessandro Volta, o inventor da pilha voltaica, que pode ser considerada a precursora da bateria elétrica.

A explicação técnica diz que um Volt (representado sempre pelo símbolo “V”) é equivalente ao potencial de transmissão de energia (medido em Joules) dividido pela carga elétrica (medida em Coulombs) entre dois pontos distintos. Achou confuso? Calma, vamos simplificar.

Dizer que tensão existente entre dois pontos é igual a 1 Volt significa que cada carga de Coulomb que se movimenta nesse espaço transmite 1 Joule de energia elétrica. Em resumo: quando você ler alguma coisa relacionada à tensão elétrica, saiba que é dos volts que estamos falando. Muitas pessoas se referem a ela como voltagem, mas o nome técnico correto é sempre tensão.

kVA: conheça os Kilovoltamperes

Os kVAs também são conhecidos do público em geral. Se você pretender cotar aluguel de geradores em São Paulo, por exemplo, certamente vai se deparar com essa unidade de medida pela frente, pois a potência de nobreaks e geradores costumeiramente é medida em kVA.

Um kVA é uma unidade de medida que corresponde a 10³ voltamperes (ou 1.000 VA em notação decimal). VA é a sigla para volt-ampère, que nada mais é do que a potência aparente de uma fonte geradora de energia. Nesse caso, entram em cena outras duas variáveis: potência ativa (medida em watts) e potência reativa (var).

Para quem gosta de cálculos, a fórmula matemática que expressa o volt-ampère é a seguinte: VA² = W² + var². Nos equipamentos eletrônicos, utiliza-se ainda a informação relativa ao fator de potência. Vamos a um exemplo para que tudo fique mais claro. Suponha que você esteja diante de um eletrônico de 3 kVA com fator de potência de 0,85.

Nesse caso, devemos aplicar a seguinte fórmula: VA x FP = W. Substituindo-a pelos números do nosso exemplo, teremos: 3.000 VA x 0,85 = W. Ou seja: 2.550 W ou 2,55 kW. É assim que você descobre, por exemplo, se um gerador é suficiente ou não para atender a sua demanda.

Watt: medindo a potência

Por fim, fechando a nossa lista de explicações, temos ainda o Watt. Expresso pelo símbolo “W”, ele é uma unidade de potência definida pelo Sistema Internacional de Unidades. O valor de 1 Watt é equivalente a um joule por segundo.

E por qual razão ele leva esse nome? Simples, por mais uma homenagem prestada a um grande cientista da nossa história.

James Watt, matemático e engenheiro escocês que viveu entre 1736 e 1819, foi um dos principais responsáveis pelas melhorias introduzidas nos motores a vapor. Foi graças às suas técnicas que a Revolução Industrial se tornou possível na escala em que ocorreu.

Aliás, aqui há uma história curiosa e que vale a pena ser contada. Na época, todo o tipo de trabalho que requeresse força era feito por cavalos e para encontrar uma forma de medir isso em um motor a vapor, James Watt decidiu comparar os resultados diretamente à quantidade de cavalos necessários para realizar uma tarefa.

Nascia aí a medida de cavalo-vapor (CV), aquela mesma que você vê até hoje sendo utilizada para expressar a potência do motor de um veículo. Assim, temos que 1 CV é equivalente à força necessária para levantar em 1 segundo e a 1 metro de altura um peso equivalente a 75 quilos. Trazendo para o mundo da energia essa informação, temos que 1 CV é equivalente a 735,5 Watts.

Em resumo: Watt é a medida de potência que expressa a velocidade na qual a energia elétrica é capaz de se transformar. Temos ainda o prefixo “kilo” para indicar 1.000 Watts. Ou seja, 5 kW corresponde a 5.000 Watts. Para expressar 1 milhão de Watts, temos o prefixo “mega”. Assim 5 milhões de Watts equivalem a 5 MW.

Recomendados Para Você:

Tags

Sobre o autor

Equipe Louco Por Android

Posts feitos pela equipe do Louco Por Android

Siga-nos nas Redes Sociais

Busca




Que tal nos acompanhar via Sparkle ?

Acompanhe nosso blog via Sparkle
Que tal nos acompanhar via Sparkle ? Asssine nossa trilha e receba nosso conteúdo automaticamente no seu smartphone.

/* ]]> */