Samsung

Samsung Galaxy S7 explode e causa queimaduras de segundo e terceiro grau no proprietário

Samsung Galaxy S7 explode e causa queimaduras de segundo e terceiro grau no proprietário

Um canadense dirigindo o seu carro no domingo passado terminou com queimaduras de terceiro e segundo grau em suas mãos depois que o seu Galaxy S7 resolveu iluminar-se, ou seja, explodir.

O telefone estava no bolso de Amarjit Mann que sentiu um calor. Quando ele tirou o telefone do bolso, ele explodiu em suas mãos.

O bizarro é que o smartphone não é um Note 7 como era esperado e sim, um Galaxy S7.

O dono inclusive o definiu como uma bomba que você pode carregar em suas mãos.

Na hora da explosão Mann tinha todas as suas janelas abertas e sua primeira ação foi jogá-lo para fora do carro embora ele afirme que o dispositivo chegou a ficar preso em sua mão.

Sem um telefne para pedir ajuda ele foi ferido até a casa de um amigo para ser levado a um hospital.

“Eu tirei do bolso e quando estava em minhas mão ele explodiu de imediato.” Quando você vê fumaça fica chocado. Eu não podia esperar isto. Foi como um pesadelo” – Amarjit Mann, vítima da explosão do Galaxy S7

O telefone que explodiu foi comprado a seis meses por mais ou menos US$1000. A operadora de MAnn disse que ele deve entrar em contato direto com a Samsung.

Além do contato ele está planejando uma ação judicial contra a Samsung por problemas relacionados com os ferimentos e logicamente, trabalho perdido. O mecânico terá que esperar até 9 dias para que os ferimentos das suas mão sejam curados.

Via Phone Arena

comments powered by Disqus